Jardas ciganos Expliquemos o titulo: O que tem que ver as jardas, metros, ciganos e o nariz deste rei? Simples. No século XII o rei Henrique I decretou que uma jarda seria a distância entre o seu nariz e a ponta do seu dedo quando o braço estivesse esticado. Extraordinário! Mas o mais curioso é que este valor é extraordinariamente próximo do metro ( 1 metro = 1,093 jardas). Sabe, o leitor, como é que o valor do metro foi calculado? Pois então cá vai: o metro foi introduzido pelos franceses após a revolução de 1789 e é exactamente a décima milionésima parte da distância do equador terrestre ao pólo norte, medida ao longo de um meridiano. Mas esta medida não era nada prática de ser obtida e assim foi construída uma barra de uma liga de platina com irídio, com duas marcas, cuja distância define o comprimento do metro, e para evitar a influência da temperatura, esta barra é mantida a zero graus centígrados, num museu na Suíça. E os ciganos? Lembro-me que os ciganos nos mercados faziam precisamente esta medida (entre o nariz e a ponta do dedo) para medirem as cordas que o cliente queria comprar. Eles sabiam que não estavam a enganar o cliente, não sabiam era que deviam agradecer a medida ao rei Henrique I.

Free visitor tracking, live stats, counter, conversions for Joomla, Wordpress, Drupal, Magento and Prestashop